O que eu andei para fazer uma mousse sem ovos…!!!

E o mais interessante é que tudo se consegue fazer e há um mundo de coisas diferentes que nem imaginamos que possam ser usadas e que trazem um aporte nutricional muito mais interessante que as versões que existem. Aqui a substituição do ovo não consiste em si uma alternativa nutricionalmente mais composta ( todos nós sabemos os muitos beneficios dos ovos), mas para quem é alérgico ou tem intolerância o objectivo é criar algo que seja igualmente bom.

Neste caso a alternativa mostrava-se aos meus olhos bastante… estranha. Neste meu mundo das substituições, como já disse anteriormente, o mundo vegan foi o que conseguiu responder-me à maioria dos meus desafios, dado que a maioria destas receitas exclui os produtos animais logo lacticinios e ovos. E foi justamente nessa pesquisa que encontro a tão aclamada dentro desta comunidade:Aquafaba.

Aquafaba é nada mais nada menos que água de cozer grão de bico. Estranho? Pois é… Mas a verdade é que funciona mesmo e sinceramente não tem nada que enganar! Dado que é  um ” reaproveitamento” conseguimos fazer a refeição principal (com o grão de bico cozido) e depois a sobremesa com a água da cozedura. Fantástico não?

Podem usar a aquafaba para: maionese vegan, macarons, suspiros, mousses, pudim de claras vegan, cobertura de boloou cupcakes ou mesmo para qualquer bolo que exija claras em castelo.

Podem usar o grão de bico para: húmus, falafel, salada de grão de bico, bacalhau com grão, hamburguer de grão de bico, sopa, chana massala ( eu adoro!).

O nome vem de aqua=água + faba=Fabaceae (a família das leguminosas), pelo que supostamente toda a água de cozedura de leguminosas daria para ser utilizada mas confesso que a única que testei foi a de grão de bico.

A aquafaba tem uma combinação excelente de amidos, proteínas e outros sólidos vegetais solúveis que migram a partir das sementes para a água durante o processo de cozedura, dando a esta solução/suspensão propriedades espumantes e gelificantes.

Eu duvidava bastante da possibilidade desta receita e deste ingrediente “mágico” mas tenho a dizer que não só serve perfeitamente para substituir as claras em castelo como o sabor é praticamente imperceptível. Eu uso a água da cozedura de grão de bico germinado pois reduz o nível de ácido fítico / fitatos tornando-se muito melhor a nível nutricional. Neste campo prefiro o grão de bico pois é a leguminosa com a menor quantidade de lectinas e fitatos (antinutrientes*).

A nível de substituição dos ovos, são 3 colheres de aquafaba para cada ovo, caso se use diretamente a mistura, mas vai depender muito da qualidade da aquafaba. Em média para uma chávena de grão de bico deve render 1 chávena de aquafaba. Caso renda menos é porque deixaram reduzir muito, juntem mais água e levem novamente ao lume. Caso renda mais devem reduzir em lume brando até à proporção de que falei. A conservação é como se se tratasse de uma clara de ovo mas apesar disso, contrariamente à clara de ovo, esta não perde as suas propriedades quando cozida.

Para fazer as claras em castelo não é muito rápido pois depende da potência da vossa batedeira mas é tão simples que não é possivel não tentar, pelo menos uma vez,para ver como sai.

Dica: Caso queiram muito fazer esta experiência e não tenham grão de bico seco para todo este processo também podem usar a água que vem nos enlatados apesar de conter em si algumas coisas não muito benéficas dado ser um produto industrializado e conter conservantes para além do sal. De qualquer forma poderão acrescentar um pouco de água e reduzir ao lume para tornar o sabor mais suave e usar na mesma! Uma boa experiência poderá ser uma mousse de chocolate e caramelo salgado e aí darem uso a este sabor! 🙂

Faz a receita e partilha as tuas sugestões com #easytoliveblog. Segue o nosso Instagram ou Facebook e não percas pitada das novidades.

Podes sempre partilhar com amigos as tuas ideias favoritas e seres surpreendido ou surpreender um dia destes! Aproveitem a inspiração.

Easy to make, easy to eat!:)

Imprimir Receita
Mousse de Chocolate (Vegan)
Eu nem sou muito fã de chocolate mas confesso que esta mousse me apaixonou. Super fácil de se fazer, diferente e divertida, vai convencer até os mais céticos. Aquelas que comemos e ficamos felizes de tão saudável que é!
Refeição Sobremesa
Cozinha Vegan
Tempo Preparação 10 min
Tempo Cozedura 50 min
Tempo passivo 15 min
Doses
3 porção
Ingredientes
Refeição Sobremesa
Cozinha Vegan
Tempo Preparação 10 min
Tempo Cozedura 50 min
Tempo passivo 15 min
Doses
3 porção
Ingredientes
Instruções de preparação
Aquafaba
  1. Demolhar o grão de bico seco no minimo 12h, descartando a água.
  2. Cozer o grão de bico numa panela na proporção de 3 chávenas de água para 1 chávena de grão de bico.
  3. Após estar cozido, separar o grão de bico e reservar a água no frigorífico, preferencialmente até ao dia seguinte ou no mínimo 4h.
Aquafaba em Castelo
  1. Verter o conteudo do preparado do frigorifico numa batedeira e bater, em velocidade rápida até obter uma consistência como as claras em castelo. O tempo vai variar da potência da batedeira mas deverá rondar sempre os 10/15 min.
  2. Verificar quando estiver no ponto de "aquafaba em castelo". Vão perceber pois fica igual às claras em castelo. Mas paciência, muita paciência até obter a consistência desejada! 🙂
Mousse
  1. Derreter o chocolate em banho maria até ficar liquido, juntamente com o óleo de coco
  2. Juntar o xarope de tâmaras se preferir adoçar mais
  3. Envolver o chocolate com a aquafaba em castelo e servir por forminhas
  4. Colocar no frigorifico e esperar, no minimo, 4h.
  5. Decorar a gosto e servir [ e tentar comer só uma dose!:) ]
Recipe Notes

Para servir usei frutos vermelhos, que adoro! A próxima experiência será com caramelo vegan salgado que tenho a certeza que ficará delicioso!