Tenho a mania de gostar de olhar para as sobras no frigorífico e imaginar o que posso fazer para reaproveitar aqueles itens. Confesso que é algo muito recente em mim. Antigamente fazia os pratos mas depois o que sobrava ou se comia ou se estragava no frigorífico à espera de melhores dias.

Com a chegada da bebé não só deixou de ser prático estar a cozinhar todos os dias, como me dedicava tanto a tentar elaborar pratos nutricionalmente diversificados que depois não os aproveitar (ou alguns elementos deles) era uma “não opção”!

Porquê a quinoa?

Hoje em dia a quinoa aparece sob vários formatos: em flocos, farinha, “puffs” tostados, etc. Qualquer uma é uma excelente opção mas aqui em casa gosto mais de usar a quinoa nos seus flocos e cozer para depois fazer as preparações.

A quinoa passou a ser um alimento bastante presente cá em casa, dado ser uma das principais fontes de proteína do reino vegetal e cheia de aminoácidos essenciais à formação de músculo. Fonte de fibra, tem ómega 3 e ómega 6 para além de ter as vitaminas do complexo B tão essenciais na formação do cérebro e sistema nervoso dos nossos pequenos! É dos grãos que possui mais zinco (importante para o sistema imunitário) e ferro, que nesta fase de introdução alimentar é essencial para a Minion.

Dado que o ferro presente nos vegetais não é tão facilmente absorvido como o das carnes (que não consumimos), é importante que as refeições sejam sempre acompanhadas de frutas cítricas pela vitamina C.

Segundo a OMS a quinoa é quase comparável ao leite e dado que não consumimos leite cá em casa, achei que poderia ser uma ótima opção passar a incluir este alimento.

Por isso hoje abri o frigorifico e tentei imaginar o que poderia fazer para o pequeno almoço dado que a minha filha já gritava “Papapapapapa!”. Quando vi a quinoa cozida, uma manga bem madura e morangos a pedirem para serem comidos imaginei logo que poderia experimentar usar isso em panquecas e reaproveitar a quinoa que já estava a acabar.

Abri o armário e tirei côco ralado e aveia integral e pensei: vai ser mesmo isto! Foi bem rápido de fazer e a baby aprovou claramente estas novas panquecas. Depois  fiz um chá e aproveitei também eu esta minha nova iguaria. Para aumentar um pouco mais a quantidade de cálcio coloquei sementes de chia como tooping que para além de vários benefícios dão-lhe aquele toque “que os olhos também comem”! Divinal!

É tão fácil e rápido que dá vontade de ir fazer mais para o lanche! Bora lá e aproveitem o Domingo!

Faz a receita e partilha as tuas sugestões com #easytoliveblog. Segue o nosso Instagram ou Facebook e não percas pitada das novidades.

Podes sempre partilhar com amigos as tuas ideias favoritas e seres surpreendido ou surpreender um dia destes! Aproveitem a inspiração.

Easy to make, easy to eat!:)

Imprimir Receita
Panquecas de Quinoa & Fruta
Esta versão surgiu da minha mania das pressas e de querer dar algo nutritivo, aproveitando "sobras" da baby. Surge uma versão bem fácil e super saborosa que deu para a miúda e para os graúdos!
Cozinha Paleo, Vegan
Tempo Preparação 5 min
Tempo passivo 10 min
Doses
4 panquecas
Ingredientes
Cozinha Paleo, Vegan
Tempo Preparação 5 min
Tempo passivo 10 min
Doses
4 panquecas
Ingredientes
Instruções de preparação
  1. Triturar os flocos de aveia e o côco ralado até obter uma farinha.
  2. Colocar a quinoa previamente cozida, o leite e o óleo de côco.
  3. Misturar tudo até formar uma massa homogénea.
  4. Colocar a massa em máquina ou frigideira para as panquecas. Colocar em primeiro lugar a massa e depois fruta por cima e deixar cozinhar.
  5. Decorar a gosto e disfrutar! 🙂
Recipe Notes

Nesta receita, dado que era para a bebé não usei açúcar. Apenas coloquei depois para mim mel ao servir.

Como qualquer panqueca os toppings e recheios ficam sempre ao critério de quem as vai comer por isso aproveitem a imaginação!